quinta-feira, 3 de abril de 2008

À Beleza Materializada


Assim como o dia...
Ora lindo e cintilantemente azuldado, cheio de nuvens que mais parecem algodão...
Ora úmido e sombrio, quando em clima de tempestade...
Assim estou para contigo!
Hoje já não sinto a vontade que sentia ontem!
Você muda...
Eu mudo!
Todos mudamos!
E de quem estou falando aqui!?
Você sabe!
É sobre você (Beleza Materializada) !
Claro que temos dias em que estamos ruins, de mal com o mundo e tudo mais.
Claro que as vezes nos sentimos exaustos de certas coisas que fazemos, ou que presenciamos.
É claro!
Mas o que digo aqui é, nada mais que: você não precisa esconder-se de si...
Mostre-me do que o seu coração é capaz, e talvez o que eu sinta possa ser semelhante...
Quem é que sabe?!
Vamos!
A hora é esta!
O que tiver de ser, será!
Mas estou me referindo à Beleza Materializada!
Onde você está, minha caríssima??! - ideologicamente dizendo - .

Um comentário:

Poetisa da Alma disse...

Olá!
Digo que os bons ventos sempre se encarregam de me levar a lugares que farão bem a minha alma.
E foi assim que encontrei seu blog!
Apreciei sua forma de escrever...e por isso estarei sempre aqui.
Agradeço a visita!