quinta-feira, 1 de maio de 2008

A Senhora Incerteza


Ontem eu topei com uma velha conhecida minha...
Era a Senhora "Enrolação"...
E hoje, quando cheguei em casa, fiquei pensando: "Nossa! quanto tempo eu fiquei no escuro!?"...
E realmente notei que havia muita escuridão naqueles dias incolores que passei junto da incerteza e frustraçao.
Meus anos se consumiram e se passaram como fumaça ao vento.
Agora estou pesquisando um pouco sobre certas coisas que poderão salvar minha felicidade.
Eu sei que há alguém prático à minha frente...
E esta pessoa realmene vê o mundo com olhos diferentes dos demais, assim como os meus, que também observam e ignoram "certas" coisas que vêem por aí afora.
Não quero dizer que estou apaixonado, porque para mim isto é um sentimento passageiro, ou melhor, algo muito simples e mecânico. O que sinto é um pouco diferente disso (que não deixa de ter a atração que a paixão exerce em nós todos) é um interesse pessoal... Algo a ver com "querer saber como é estar".
Estou pensando aqui comigo: "Quando poderei ter certeza do amor em minha vida?".
Não falo do amor impossível, aquele idealizado, este eu sei que é ficção, obra dos filmes e mitologias.
Não quero te colocar num estandarte, num pedestal, mas também não quero dizer meras palalvras que te agradem e, ficar só nisso.
Saiba que o encontro com a Senhora Incerteza é dolorido.
Mas se eu puder me lembrar, cada detalhe é importante.




Que olhar o teu einn!!!!! Mantenha-o, e mantenha-se sorrindo, assim, ficarão as imagens em minha mente antes de dormir.... rss...
AHHAHAHAHAHA!!!!!

Nenhum comentário: