quarta-feira, 7 de maio de 2008

Sinceridade Interior... Eros!



Sinceridade

Ah! para ser sincero comigo mesmo, e também contigo, eu me sinto "gamadamente" perdido em teu olhar.
É um sentimento profundamente bom!
Me sinto preenchido no verde dos teus olhos.

Por isso penso que tudo pode ser bom...
Se estivermos nos sentindo de bem com o mundo...
Se nosso coração estiver dotado de carinho e paixão pra dar a alguém...
Isto faz como que tenhamos a certeza de que nossas vidas fazem sentido...
Este sentimento faz com que tudo tenha mais cor!
É por isso que nada pode deter o que sinto!
E é por isto também que pretendo deixar a brisa me levar...
Ao sabor dos dias...
Do tempo...
Que trará para mim respostas ao Canto do Vento!

Ah! se por acaso o céu estivesse nublado, ainda seria um bom sinal, pois logo depois da chuva, as vezes, pode surgir um belo arco-íris a cruzá-lo de ponta a ponta.
E se a noite não tiver luar, mas ainda assim estiver limpa, sem nuvens a flutuar pela brisa; ainda teremos a luz das milhares de estrelas que fagulham no escuro manto noturno.

Ah! minha linda inspiradora!
Até quando?
Até quando?
Oh! ansiedade infeliz...
Quero decidir algo...
Mas prefiro viver este presente...
Quero que aconteça a vontade suprema
do Criador do universo em nossas vidas!
O que acontecer, será (ou não) a resposta às nossas orações!

Nenhum comentário: