segunda-feira, 26 de maio de 2008

Yôh!


Todo dia nasce com a mesma subjetividade...
É sempre um sol, e não uma lua que se encarrega de se levantar para abrir as portas de mais uma manhã.
Tudo é igual, é sempre o mesmo canto dos pássaros... O mesmo "bom dia"...
Sempre o mesmo nome característico: manhã.
E a seqüência é sempre a mesma: manhã, tarde e noite.
Isto não deveria ser problema algum para ninguém. O fato é que alguns procuram pêlo em ovo!
E eu estive assim por um bom tempo.
Mas hoje sinto uma vontade de estabilidade muito grande. Sinto como se tivesse errado (não) em meu caminho, mas em certos passos, quando por ele estive caminhando equivocadamente.
Hoje penso muito diferente, e talvez isto seja apenas uma característica de quem procura acertar nas tentativas de se viver uma vida prudentemente feliz.
Eu sempre busquei a moral perfeita, o senso do bem por excelência, o caminho do Deus Eterno.
Entretanto minha vida tomou rumos diferentes (ideologicamente falando); perdi muito da minha antiga fé ensinada por minha querida mãe. Mas agora estou buscando novamente me reencontrar com as palavras e atitudes de Jesus Cristo, e dos demais sábios da humanidade!
Penso que seguir o bem é realmente algo difícil, mas não impossível!
Se alguém cede aos impulsos do desejo, da coisa irracional que convive com nossa moral interna, este deveria repensar em como tem vivido e, de alguma forma, buscar uma maneira de caminhar adequadamente de acordo com seu padrão existencial em geral.
Meus problemas foram consequências de minhas imprudências ideológicas, e meus pensamentos levaram-me à turbulências corporais e mentais, coisa que nunca imaginei passar um dia.
Agora, com medo da ausência de saúde psicológica, espiritual, física em geral, corro para o abrigo da minha fé de que Deus atenderá minhas preces, e de que um dia entenderei por que tudo me foi como esteve acontecendo.
Se tudo foi para ensinar-me o que eu já sabia antes...
Ou se coincidentemente caí numa consequência de meus atos e pensamentos...
Mas independente de tudo, sinto-me até melhor só de pensar que estou buscando a Deus.
O amor que nasce a cada dia em mim fará com que eu sempre tenha forças para continuar.
E ficarei junto da pessoa certa para juntos construirmos uma boa vida pela frente.
Queria que certas coisas não fossem verdade nesta vida, mas infelizmente não depende de eu gostar ou não.
O certo e o errado são relativos em partes. Por isto, busco a maior parte do certo, sem me esforçar demais, sem fazer com que isto se torne um problema.
Que o amor me cure, que minha fé me guie, e que minha esperança me permita não perder a paciência para comigo mesmo e, assim, consiga eu encontrar o coração da minha princesa...
Onde quer que ela esteja...





"E como espero que estejas esperando por mim também, meu amor"...

Nenhum comentário: