segunda-feira, 23 de junho de 2008

As Lembranças

Houve uma época em que eu acreditava em fadas e dragões... E em tudo o que os seriados de Tokusatsus (seriados japoneses) mostravam na TV.
Tudo era mais puro, mais simples, mais lindo.
... Naquele tempo eu vivia em cima das árvores; nos campos de futebol (improvisados por sinal) ... Cortando galhos de pé de mamona com algum pedaço de madeira (que na minha imaginação, fértil, era uma bela Katana japonesa).
Ah! nossa juventude se vai como a fumaça que uma chaminé lança ao vento.
Nada volta, e tudo segue em sempre num mesmo rumo: para frente!
Mas a vida é sempre assim, como um barco que navega sempre para o Norte. E se você quiser voltar, isto só é possível através de suas lembranças (caso tenha aquelas que gostaria de buscar à consciência).
Por isto eu acredito que devemos procurar sempre construir "boas" lembranças... Aí sim, poderemos aquecer nosso coração, numa noite fria qualquer, com o calor de memórias amorosas de alguém, ou de algo bom que acontecera conosco.
Sendo assim, viva suas boas lembranças...
Mas procure fazer sempre o possível para que elas não sejam "apenas" lembranças...
E sim, um marco inicial daquilo que você "ainda possui no presente!!!".

Nenhum comentário: