quarta-feira, 30 de julho de 2008

Sayonara

"
Linda
Estrela que uma noite brilhou em meus céus
Tive que deixar-te lentamente partir de mim...
Infelizmente não há o que fazer...
Como a Lua que se quer alcançar e tocar...
Ignoro a tristeza, pois isto não seria te
Amar...
"

... É... As vezes somos obrigados a tomar atitudes que divergem das nossas vontades, nossas emoções, dos nosso sentimentos. "The war is over" é o que eu gostaria de dizer para todos, anjos e arcanjos, internautas e noveleiros de plantão.
Por quê?
Ah... simplesmente porque é assim que tem que ser. Não era o que eu queria, mas foi o que eu colhi de tudo isso...

Rebirth of a man... já dizia o Angra...
Hora de renascer, respirar e embarcar novamente pelo oceano das possibilidades quânticas do amor. Onde, a cada porto, uma situação diferente, uma circunstância diferente.
E assim ele se vai, distanciando-se, rumo ao pôr do sol, distante, longe vai...
E aquela moleza, aquele bem estar sonolento que nos acomete ao fim do dia, tudo isso o acompanha, ao toque do vento primaveril que vai chegando...
Mastros e lemes preparados! Bússola?! Hmmmmmmm... O que acha de "Intuição?" he he he...
Pois é, "Ela" não falha!

Nenhum comentário: