quarta-feira, 30 de julho de 2008

A Viagem de Volta


.... E assim ele terminou sua escalada. E olhando lá de cima, observou o quanto era diferente estar distante dos outros, muito alto, muito além do alcance das mãos alheias, porém muito solitário.
Somente ele e a sua meta, que agora, já alcançada, o acompanha para junto de sua preparação para a viagem de volta.
Ele descerá montanha a baixo, com tudo o que conseguiu durante esta jornada. E nenhum dos arranhões que o acometeram durante a escalada poderão fazer de tudo isto algo triste ou pesaroso. Ele respirou profundamente, e pensou em TUDO!
Ah! que felicidade olhar pra trás, e saber que não são mais realidade, e sim fatos históricos.
"Vovô, e como o senhor fez para passar pelo dragão?".... E sorridente ele responde: "Eu tive de enfrentar meu pior inimigo: O medo de tentar!!!"
Pois é, um viajante que está de volta pra casa. Sua bagagem já está preparada, e esta noite, infelizmente sem luar, acompanha seus pés no caminho do retorno, a última noite em que ele permaneceu lá em cima.
Frio, sem tantas árvores como pensava, antes de subir, que teria, quando ainda se encontrava ao sopé da montanha.
Agora a jornada continua, pois uma viagem de ída não é viagem perfeita, se não tiver uma boa viagem de volta!
Não tinha nenhuma caverna lá em cima... Nenhum abrigo para ele; por isto, simplesmente sorridente, ele refletiu um pouco e, ainda sorrindo, de soslaio, a olhar para trás, e para a marca de suas pegadas, ele dá um último suspiro e corre para casa.
Lar, doce lar!

Nenhum comentário: