sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Com o "Olhar Alternativo"


O relógio marca seis horas no pulso exausto...
E lá está o velho homem de jaleco preto novamente, como sempre... Caminhando, apenas caminhando para casa em mais um dia.
...E olhando pela janela do metrô, ele contempla as altas torres, as janelas, as calçadas e as avenidas... As Pessoas!
Ah! As pessoas cantam a hora de ir para casa.
Tudo é uma questão de perspectiva...
Meu senhor! Olha por mim!
Não tenho eu forças para revidar minha própria razão!
Queria meu coração lançar-me por sobre o asfalto, implorando por clemência!
Um clamor por redenção?! Por quê?!
Quem está certo na terra?
Em tudo há um pouco de Bem e de Mal!
Por tudo isso, decidi viver e, sem parar para refletir sobre os "detalhes" que compõe a vida!
Pois olhe lá! O homem de jaleco preto continua caminhando, após ser deixado numa estação qualquer da cidade.

O amor reinará!
Dizem eles, nas esquinas e nos bares...
Sim! Alguém anuncia uma boa nova!
Enquanto um assassino é pego!
"Graças a Deus"!

Dum hospital alguém clama em profunda dor !
A cidade vai passando pelo tempo, e, o tempo, apenas assiste o fluxo existencial de uma cidade conturbada pelo "CapEtalismo"!

É preciso um olho alternativo aqui!
Sim!
Um olhar alternativo para ver além das consequências causadas pelos corações humanos.
Ela está lá, clamando por Verdade!
Venham! Venham ó anjos da Verdade!
O amor é o que une, nada mais!
Divergência cultural é natural entre os homens de todos os clãs da terra!
O que une é o amor entre nossos corações!
Viva ao amor por sobre a terra!
Maravilhoso Deus, criaste uma poção mágica chamada Amor!
E dele veio o desafio máximo: "Teus inimigos, assim como teus amigos, serão amados para fazer-se valer a essência de Deus, o Criador Supremo da vida"!
Alias, como Ele mesmo afirmou:
"Afinal, se não o fizeres assim, como se mostrarás tu diferente dos cobradores de impostos... pois até mesmo eles amam somente os DA SUA laia!?"

Olhem lá! Olhem!
O homem de jaleco preto está olhando para o céu esta tarde... Neste fim de dia que mais uma vez chega à cidade agitada.
Ouça isto: Senhor dos Céus, meus olhos estão cansados !
Meus olhos estão cansados!
Repouso meu coração em teu espírito "aconchegante"!
Tua palavra me diz: "E daí?!"
Sim! para cada problema "humano", tu bem me dizes sempre e sempre: "E daí?!"
Entendo, meu Senhor!
Agora entendo!
O céu está tão nublado hoje...
E a cidade sente que já é hora de se recolher...
É hora de repousar a cabeça de mais um dia cansativo.
Pessoas, como formiguinhas exaustas....
Construindo sabe-se lá o quê, e, para quê!
Como quando houve o tempo em que eles tentaram construir uma torre para alcançar o céu...
Para chegar ao grande diálogo com o Criador...
Mas o Criador se mostrou desafiador, quando, com seu Dedo Supremo, esparramou as idéias (através da língua de cada um) de todos!
Ó! o maior dos mistérios para um lingüísta!
Mas, ainda assim...
Meu senhor mostrou que, não é "lá" onde ele habita!
Agora eu sei...
Agora eu "sei"!
O senhor sempre esteve aonde os homens "menos esperavam"... E assim ainda o é, e sempre assim o será!
"Onde ninguém tiver apontado, ali eu estarei!"
Prestem bem atenção às minhas palavras: Hoje o Senhor convocou o seu novo exército para lutar!
Lutem pela Verdadeira Verdade da Vida!
Pois Deus luta conosco!
E contra quem, eu pergunto!
Pois saibam: Não há outro Deus!
Eis a maior das Verdades Teológicas: Não há outra "Verdade"!
E o homem de jaleco preto continua sua jornada pela vida.
Agora o sono profundo o tocou serenamente...
E ele fechou os olhos com melancolia...
Um abatimento sereno e sutil o tocou de repente...
O sono veio tranquilo...
E o amor pairou por sobre suas costas cansadas...
Feche os olhos, meu filho é o exemplo supremo do que eu quero!
Baseie sua atitude na Dele, e serás bem-vindo aqui, onde todos os escolhidos habitam!

Nenhum comentário: