sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Não vou deixar

Seus olhos... duas esmeraldas virgens
Miram minha alma, tocando profundamente em meu coração que te ama...
Seu corpo... abrigo do meu corpo; restaurador do carinho para o meu espírito.
Você é minha linda-princesa-linda!
Tão querida... faz-me feliz, sorrindo para mim.
Nosso amor... jóia rara, magnífica dança amorosa...
Olha lá! olha que nossas incertezas estão indo embora!
Venha cá! venha que o amor está chamando para sempre!
Sou teu servo, teu amo, teu amado, teu companheiro...
Nunca houve amor maior que este!
E em nossos momentos, encontramos palavras nunca antes ditas...
E de repente nossos lábios proclamam o nosso verdadeiro sentir, nosso sonho!
Queria voar até a lua, e entalhar nela a marca do nosso amor...
Dizer eu te amo pro resto da vida...
Sentindo em meu peito o calor!
Não vou deixar escapar...
Não vou deixar o vento levar...
Não vou deixar a chama se apagar...

Nenhum comentário: