quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Reciprocidade


10h:55min... Manhã nublada... Chuvosa...
Música em meus ouvidos e lembranças em meu coração.
Aproxime-se... Cheguei mais perto...
Lábios suaves procuram dizer, num beijo, sobre o amor que habita aqui no fundo!
Um abraço tão encaixado que chega a curar o espírito...
Uma voz tão sutil, afável, agradável...
O próprio canto da branca gaivota.
Ah! este amor!
Que de todas as expectativas, só quer ser o que é...
Amor!
Vida!
Realidade em nós dois.
Te amo... me Ame, me dê seu coração...
Te entrego o meu...
Pois seu amor me deixou em débito para contigo...
Então é seu... Este coração; este amor sem fim, para fazer-se recíproco...



Eu te amo, Letícia, minha Rosa Azul.




L.

Nenhum comentário: