segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Para Sempre


Silêncio.... desliguem os celulares...
Luz... expectativa... e...
Ação!
Eis que as cortinas se abrem, e o magnífico teatro onírico do amor se inicia.
Logo ali, naquele auditório da vida, se assentam pessoas de todas as idades e modos de pensar.
Todos estão na estrada para a caminhada, rumo ao sono eterno...
Mas, até que lá um dia estejamos todos, esperemos em cima deste pégasus alado, que é o nosso sonho de viver da melhor maneira possível, a nossa efêmera vida!
Olhe adiante, vê o quão longo é o caminho até a grande chegada...
Mas todos os caminhos são destinos, se um dia quisermos alcançar o galardão de nossos ideais.
Pois minha meta é alcançar a luz...
Esperar o tempo oportuno para se iniciar uma aliança...
Mas já começou, no momento em que o coração se abriu, e mostrou seu "código" secreto...
Já começou!
Sereno olhar...
Cada cena que esta peça apresenta...
Os anjos aplaudem, quando a prudência se mostra presente nos textos do script!
Nosso romance é um poema, uma canção, uma epopéia, uma Rapsódia...
É um conto de fadas...
É uma novela...
É um filme...
É um amor profundo, que nasceu na vontade de completar um ao outro...
E quero te agradar ao máximo...
Te acariciar e te dar todo o meu amor...
Te dar os beijos mais apaixonados...
Os abraços mais apertados...
Tirar-te o fôlego, num segundo de amor intenso...
Te apontar a Lua, em todas as noites de Luar...
Fazer dos nossos momentos juntos um paraíso amoroso!
Venha viver comigo, esperemos e planejemos o nosso futuro!
Em nome do amor, eu te peço, seja a mulher com quem viverei o resto da minha vida.
Te amo, princesa.

Nenhum comentário: