quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

O Verdadeiro Mestre


Um pintor pode aprender Kung-Fu...
Ou o talhante que corta carne todos os dias
Com tal destreza que a sua faca nunca toca no osso.

Aprende a forma, mas procura o que não tem forma...
Ouve o que não tem som.
Aprende tudo, e esquece-o logo...
Aprende o modo, e logo encontrarás o teu próprio modo...

Um músico pode aprender Kung-Fu...
Ou um poeta que pinta quadros
Com palavras que fazem os Imperadores chorarem...
Isso também é Kung-Fu.

Mas não lhe dês um nome, meu amigo, porque é como a água...
Nada é mais suave do que a água...
No entanto, ela consegue superar a rocha, não luta...
Flui à volta do seu oponente, sem forma, sem nome...
O verdadeiro mestre reside no interior...
Somente tu o podes libertar.

Nenhum comentário: