sábado, 21 de março de 2009

Prostração...

Senhor,
Eu sei que Tu bem sabes de TODOS os meus problemas,
Sabes de TODAS as coisas que acontecem em cada canto desta terra...
O Senhor apenas é quem é: o Deus do universo!
Por isso, venho te pedir, humildemente, para que traga a paz,
em meu coração, e no coração do meu amor.
Sim! Pois eu a amo como se fôsse a única mulher do mundo,
Como se fôsse a última mulher da terra....
Pois é o amor da minha vida!
Oh! Senhor, te peço que direcione o teu poder infinito em nossa direção...
E principalmente na dela, neste momento turbulento!
Venha trazer a paz, num abraço fraterno, Divino, Eterno!...
Não permitas que ela continue a sentir o que agora sente...
Não permita que a vida dela continue sob pressão...
Não permita, Oh! Senhor, que nossas vidas permaneçam indiferentes ao que realmente "sentimos" um para com o outro!
Pai, Tu bem sabes de tudo, mas nós precisamos "deixar" o Senhor agir de verdade...
Então venha, meu Deus, venha trazer o alimento de que mais precisamos...
E nos abençoa de acordo com esta nossa real necessidade...
Neste momento tão atribulado...
Ela precisa do Teu imenso poder agora; aquela força só Tu possuis!
Ela vai sentir e, dar glória como nunca antes!
E eu também te glorificarei Eternamente, como Nunca Antes!
Sim! Oh! Senhor!
Que fique escrito isto, para que nos lembremos do que precisamos, por toda a nossa vida...
E do nosso reconhecimento, de que só Tu possuis o poder de reparar este mal.
Clamo pelo Teu poder, e antes disso, pela Tua misericórdia, pois não merecemos nada de Ti Senhor, porque pecamos constantemente, de diversas formas...
Mas, eu sei, assim como Teus profetas: Tua misericórdia é tamanha, e tão Divina, em pleno amor, que não permites que os que Te clamam fiquem sem a Tua bênção máxima!
O Teu amor nos cura, Oh! Senhor, e eu sei, eu sei, a vida me ensina...
Tudo isto foi pra mostrar o quão grande és...
Pois é necessário subir a montanha mais alta, e a mais distante, para se enxergar em verdade o quão linda é a nossa cidade.
E Tu és, Senhor, esta cidade Santa, onde repousamos nossos corpos, nossos espíritos cansados.
E notamos, após jazer no alto deste monte, onde os ventos sopram áridos, numa fria brisa noturna, em meio a escuridão total, que é a mais pura verdade: Tu és grande!
Mostra, Senhor, o Teu poder em nossas vidas!...
E antes disso, com todo o Teu Amor Infinito!
Pois te amamos, Senhor, e louvamos com todas as nossas forças!
Aleluia, Toda honra e Toda a Glória, agora e para sempre, Amém!

Nenhum comentário: