domingo, 12 de abril de 2009

Sem Ar... Literalmente!


Ah! nesta viagem eu pensei que conseguiria esquecer um pouco a minha frustração...
Pensei que conseguiria esquecer... um pouco... somente...
Pois meu amor não vem mais me dizer "Eu te amo" como antes...
E aqueles sussurros tão suaves no ouvido, dizendo um para o outro apenas o que se queria dizer...
Por mais que fosse ruim não poder ter "completamente", ainda tínhamos planos constantes em nossas mentes.
Mas, agora, nem isso conversamos mais. Aliás, não conversamos... Ahhhhhhhhh!!!!
Que dor não ouvir sua voz, meu amor!
Que pena!
Por que você é a pessoa mais perfeita para mim?
Por que eu te amo tanto?
Por que, apesar de nos amarmos tanto, temos que fingir assim?
Por que temos que fechar os olhos?
Por que?
Ah! meu Deus, meu Senhor, por quê?
Parece que é o meu fim, meu Senhor!
Parece que já não tenho mais forças em meu coração para aguentar tanta vontade de ver, de ouvir, de sentir, de matar a SAUDADE!!!!
Meu desespero se dá quando sinto que a única salvação para a minha dor é sentí-la de bem comigo, com o amor em seu coração... e não daquele jeito, como se não me conhecesse!
Ah! dói! dói! doí demais!
Mas eu Creio Senhor, que Tu me darás a Vida Eterna!
Tu me darás algo para superar TUDO!
Eu serei mais e mais contigo...
Ainda que ela desista de lutar por nós...
Eu lutarei sempre pela mulher que amo de verdade!
Amo para sempre!
Eu a quero ao meu lado, Senhor...
Pois se amar é pecado, eu não sei de mais nada Oh! Pai!
E eu sinto que faria qualquer coisa por este amor, e me privaria de qualquer coisa com muito mais força (movida por este amor)!
Eu não faria coisas que talvez não enxergue como erradas por estar, digamos, alienado a algo.
Mas também gostaria de passar tudo o que sei, o que sinto, o que eu quero pra ela comigo.
Ah...
Perdão Senhor, Perdão meu amor...
Mas esta canção será cantada por mim neste momento tão frio para o meu coração...
Quando me sinto indisposto, como se tivesse sido arrastado para um estado no qual nada está bom...


"Meus pés não tocam mais o chão
Meus olhos não vêem a minha direção
Da minha boca saem coisas sem sentido
Você era o meu farol, e hoje estou perdido
O sofrimento vem à noite sem puder
Somente "o sono" ameniza a minha dor
Mas e depois?... E quando o dia clarear?...
R = Quero viver "do teu sorriso", teu olhar!

Eu corro pro mar pra não lembrar você
E o vento me traz o que eu quero esquecer
Entre os soluços do meu choro, eu tento te explicar
"Nos teus braços é o meu lugar"
Contemplar as estrelas, minha solidão...
Aperta forte o peito: É mais que uma emoção!
Esqueci do meu orgulho pra você voltar...
Permaneço sem amor, sem luz... Sem Ar!!!!!!!!!

Perdi o jogo e tive que te ver partir
E a minha alma sem motivos pra existir
Já não suporto este vazio, quero me entregar
Ter você pra NUNCA MAIS nos separar!!!
VOCÊ É O ENCAIXE PERFEITO DO MEU CORAÇÃO!
O teu sorriso é a chama da Minha paixão...
Mas é fria a madrugada sem você aqui...
Só com você NO PENSAMENTO!

Eu corro pro mar pra não lembrar você
E o vento me traz o que eu quero esquecer
Entre os soluços do meu choro eu tento te explicar
Nos teus braços é o meu lugar!
Contemplar as estrelas, minha solidão
Aperta forte o peito, É MAIS que uma paixão...
Esqueci do meu orgulho pra você voltar
Permaneço sem amor, sem luz, sem AR!

(Pois) Meu ar, meu Chão: É Você!
MESMO QUANDO FECHOS OS OLHOS
POSSO TE VER!!!



Nenhum comentário: