segunda-feira, 1 de junho de 2009

Reflexão

Dizem que sou muito jovem para estar fazendo uso de medicamentos como os psicotrópicos (ansiolíticos e antidepressivos). Dizem que sou muito jovem para estar tão preocupado com diversas coisas da vida ao mesmo tempo. Dizem que estes remédios são para os mais velhos e que já viveram bastante ao ponto de colherem sequelas da vida.
Mas o fato é que há algo errado comigo e que precisa de solução. Sim, pois há muito não me sinto bem (no pleno sentido da palavra). E não falo de um mal estar relacionado ao estômago, pulmão, juntas ou do corpo enfim. Falo de um mal estar psicológico, de uma sensação de vazio, mal estar existencial (depressão?!). É como se o sistema responsável por degustar os sabores da minha vida tivesse sido"anestesiado", como se a minha histérica e voraz fome de conhecimento que começou desde 2000 mais ou menos tivesse calejado os receptores sensitivos destes "sabores".
Agora vivo tentando caminhar às apalpadelas pelas paredes de cada dia. E não entendo por que estou assim. Claro, em minhas conjecturas particulares imagino diversas razões para estar assim. Desde a forma pela qual manipulei e dirigi meus próprios pensamentos durante o período em que desenvolvi estas crises de, digamos, depressão e pânico existencial, até as rotinas diárias de sono e alimentação desreguladas em que vivi.
Bom, refletindo sobre a psiquiatria, analisei que a vida humana é realmente uma vida de pensamentos. Nós nos baseamos sempre nas nossas cabeças para viver. E não há como viver sem pensar. Seríamos animais apenas caso não refletíssemos sobre trabalho, lazer, responsabilidades enfim. O que importa nesta vida?!
Acredito que doenças mentais as vezes são, em grande parte, problemas com a administração dos nossos próprios pensamentos cotidianos. Devemos cuidar desta saúde que é a mental, e muito bem.
Cristo foi o maior psicólogo e filósofo que já existiu. Ele não se exaltou em sua sabedoria, e disse coisas simples e verdadeiras. Cristo nos deu a fórmula da existência "humana".
O amor é a chave para a felicidade nesta vida. Ame e serás feliz. Ame sem condições.

Nenhum comentário: