sábado, 26 de setembro de 2009

Teo-Reflexão


"Mas é claro... É óbvio!"
Diz a razão latente, numa específica mente.
"Afinal, como poderia a criação Criar-se a si própria... Criar coisa alguma!?"
E, mais uma vez, bate a cabeça contra a parede!
"Do caos primitivo Jamais poderia surgir Ordem! E, como dizia S. Tomás de Aquino, a Causa Primeira e a Finalidade de Todas as Coisas só pode ser Deus!"
E suspira indignada consigo própria, novamente!
Ora, Pe. Elilio dizia-me que a ciência tem respostas para as coisas, mas sãos respostas em níveis superficiais, externos, aparentes. E que somente a Teologia e Filosofia podem alcançar a verdadeira Verdade!
A Razão sem Fé enlouquece...
A Fé sem a Razão cega-se!

Pense o que quiser, mas uma coisa é FATO:
Ninguém criou-se a si próprio, nem escolheu "como" deveria vir ao mundo.
Ninguém tem, nunca teve e nem terá as chaves da vida, nem da criação suprema.
Por mais que um DNA seja reproduzido em laboratório, isto ainda é pequeno perto do que somos.
Porque isso é um segredo pertinente somente a Deus!
Deus é o sumo Criador.
Devo minha existência a Ele, bem como todo o meu Louvor e Gratidão.
E preciso passar isso adiante, e tentar mostrar o Reino do Céu àqueles que ainda não o enxergam.
Fé é uma atitude, não uma sensação.
Fé é uma escolha!
Não é amor...
Porque eu "posso ter toda a Fé, ao ponto de transportar montanhas, mas sem Amor, nada adiantaria"...
Ou seja, Fé é uma parcela do que devemos adquirir e manter dentro de nós.
Amor é outra...
E Esperança também!

3 comentários:

Carol disse...

Pare Leandro!!!!
Parece que pregaram sobre isso esses dias...

aiiii que medo.. hauhauhauh

VerTuNo disse...

hihihihiihi

VerTuNo disse...

Desgramera power!