sábado, 31 de outubro de 2009

Fantasia


Seria interessante se a gente tivesse um meio de sair da realidade às vezes.
É...
Um meio assim, digamos, alternativo e fácil de usar. Onde pudéssemos encontrar e vagar por lugares nunca antes visitados.
Poderíamos ir à Lua, Marte, Japão, pela Europa inteira (nós brasileiros) e etc...
O meio de ir até estes lugares seria como que através de um portal. Talvez encontrado no fundo do quintal ou quem sabe no porão ou sótão de nossa casa.
Então lá, nas terras que escolhêssemos visitar, poderíamos passar o tempo que quiséssemos e, enquanto isso, aqui fora, na realidade, não passaria mais que um real segundo.
É. Seria bem legal.
Mas pensando cá com meus botões...
Este lugar, de fato, já existe!!!
Mas não é da maneira como eu descrevi a pouco.
Este lugar pode ser encontrado nos livros!!!
Sim. E nas diversas obras, de acordo com nossas escolhas pessoais, podemos vagar por mundos distantes, tudo como a mente humana é capaz de imaginar.
E só assim poderemos sair da realidade e, num êxtase de aventuras, viajar por ai, no mundo da ficção.
Lendo, poderemos aprender coisas que jamais teríamos a oportunidade de vivenciar.
Somente lá, no mundo fictício, teremos alguma chance de desfrutar (ainda que de modo imaginativo) de contemplar coisas que não conhecemos em nossas "realidades".
E podemos muito mais do que se pode pensar por ai.
Sim. Pois num livro, bem escrito, você pode viajar e, em meio à jornada, aprender a conviver com pessoas diferentes, estar em lugares onde a cultura é outra, enfrentar situações constrangedoras e, quem sabe, apavorantes...
Pois é. Ler é assim. A gente aprende com os arquétipos literários. Mudando sempre a nossa maneira de conceber a existência. Pouco a pouco crescendo em cognição.

Nenhum comentário: