sábado, 20 de março de 2010

D.C.D - Duvidar, Criticar, Determinar

Quando mau for o pensar
E o coração mau bater,
Quando a visão mau focar
E o mal à vida tender...

Se a esperança cansar
E o desespero surgir...
Quando o sabor fenecer
Do sonhos sem o devir

Quando a doença, sem nome,
Em tua sina repousar
Se o mal que habita na Alma
Quiser à tona saltar

Este é o caminho perdido
Este é o modelo banal
É o destino do vil
Que assim tornou por ver mal!

Pergunte à dor se ela entende
Por que teus olhos são tristes...
Questione a idéia perversa
Pergunte: por que partistes? - Vós, benéficos pensares e sentires.

Duvide bem do que é mau
Se habitar ai dentro
Questione o que não for bom
Pois nesta idéia já entro!

Quando mau for o pensar
E o coração mau bater,
Procure se criticar
E atrás da vida correr!!!

3 comentários:

K. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
K. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
K. disse...

É isso aí!
Quantas vezes criticamos os bons pensamentos por um pequeno defeito, e, na verdade, estamos buscando o caminho "mais fácil"; tentamos argumentar (até) eloquentemente para justificar a crítica infundada, nos corrompendo. É hora de criticarmos os maus pensamentos, duvidarmos e discordarmos deles - não por seus detalhes, mas por sua essência.