sábado, 27 de março de 2010

A vida é nossa


Garota você é a princesa dos meus sonhos acordados
Alguém que eu não imaginava que iria conhecer um dia
Yeah! pois no começo eu não pensava assim...
Eu pensava que seria superficial como as estações que vem...
E depois se vão...
Então você teve de partir para longe de mim
E eu não pensei muito a respeito no início...
Mas agora: quando estamos longe, um do outro
Percebi o valor da nossa união
E a importância de quando estávamos juntinhos
Agora não vou mais falar...
Dizer que é mais ou menos
E tentar te aborrecer com meias palavras de amor
Porque aprendi que a vida é uma só
E não dá pra viver só supondo

Yeah! pois no começo eu não pensava assim

Eu pensava que seria superficial como as estações que vem...

E depois se vão, sempre!
Mas agora: quando estamos longe, um do outro...
Percebi o valor da nossa união
E a importância de quando estávamos juntinhos

E se quiser pensar em alguma coisa boa que te faça sorrir

E pra mandar o sofrimento embora, nesses dias frios de solidão
Lembra que agora você faz parte de mim
E que eu estou sempre pensando em você... a todo tempo
Yeah! baby!
Não há com o que se preocupar agora

A vida vai seguir seu rumo
E nós vamos cantar e dançar na chuva

Pulando feito crianças histéricas
Rodopiando na lama
Felizes como só dois abençoados podem ser!
Yeah! baby!
Princesa dos meus sonhos acordados!
Boneca do meu coração...
Pegue esta idéia e venha comigo...
Pois a vida é nossa!
A vida é nossa!


Obs:
Engraçado que antes de me dispor a escrever o que acabou de ser lido ai em cima, estava pensando numa música que nunca ouvi, mas de estilo Jason Mraz, ou um Akon, ou sei lá, um pop americano qualquer. Mas a idéia interessante é que comecei a escrever como se estivesse traduzindo uma música do inglês, dessas que a gente lê na internet e que fica com tradução mais coloquial que qualquer outra coisa. Então, pensando nisso, compus uma canção imaginária que se comprova ai em cima. Amor, é pra você. Só por e para você. E, se ainda não tinha uma música, agora tem. E se Deus quiser, terei inspiração para terminá-la (na parte prático-melo-harmônica agora). Bom, hora de pôr os acordes e ritmo. Essa é tua, Amor, pois " A Vida é Nossa!!!".

2 comentários:

Leandro Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
K. disse...

kkkkkkkkkkkk
Adoreeei!!
Vou cobrar a melodia, hein, gotosinho!
Meu Principezitcho!