terça-feira, 13 de abril de 2010

Canduras de Amor


"Repousa... Oh! meu Amor
Quando cansares do frio...
Se tua sina for escura - luz quero trazer-te
Se pesado for o fardo - ajudar a suportá-lo
Se doloroso for aos teus pés caminhar - serei o bálsamo de tua alma

Repousa em mim!
E reclina o tua face em meu peito:
Trarei doces manjares a ti
E em tua boca deitarei o licor do Mel
E as uvas do campo
Então sorverás de meus lábios um beijo doce e suave
E embriagar-te-ás do Amor
Por causa do calor deste sentir
Aquecerei o teu peito
E à lareira invernal nos deitaremos
Cobertos de inverno
Porém aquecidos de cândido sentimento:
Amor"

Nenhum comentário: