terça-feira, 20 de abril de 2010

Musa


À Minha Cândida Musa -

Tu realmente viraste Musa
Deste recanto, deste lugar
E agora penso bastante na Lua
Pois ela brilha como o teu olhar!

Tu és a brisa que paira gostosa
Na face triste de quem está só
Mas arrepia meu peito lembrando
Que a saudade retornará ao pó!

Tu és tão bela, tão meiga e serena
Hoje percebo o quanto sou feliz
Desde uma noite tão pura e amena
Tu és a Musa que eu sempre quis!!!!

Quando pisando no Templo meus pés...
Se achegaram ao Santo Altar...
Meus olhos viram um anjo de branco
É a Princesa que estou a Amar!

Nenhum comentário: