terça-feira, 15 de junho de 2010

Poemisse

Ah! quão bom não é
Ao lado de quem se ama se encontrar
No refrigério da alma
Planos pro futuro a se compor
É isso que alegria à alma traz
Como a Aurora que ao dia vem iluminar
A face serena e amada que ao meu beijo vem tocar
Um afago ao coração
Amor pleno de razão e emoção
Assim segue a vida
Eu e tu, sim sem não!
Quão bom não é estar deste jeito
Amar e ser amado, num só peito!

Nenhum comentário: