segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Às vezes


Se você olhar na minha direção, encontrará uma seta. Uma seta que aponta para cima.
E se prestar atenção, verá que aqui, onde repouso, em meu leito de paz, jaz algo de ti. Algo que te abraça e protege. Algo "familiar".

Às vezes me pego sonhando acordado. E, olhando para as estrelas, à noite, contemplo as lembranças de um passado não muito distante. Contemplo VOCÊ!
Às vezes, ao acordar, me vejo orando por alguém em especial, pedindo para que o seu dia seja feliz como o meu. Para que seus projetos e sonhos sejam abençoados por Deus Pai.
Este alguém se encontra numa estrada tortuosa. De pedras e espinhos...
Mas uma estrada de esperança. Uma estrada que conduz a um destino divino. Não é uma estrada qualquer.
Nesta estrada também me encontro. Dando passos lentos e buscando a prudência.
Estamos juntos num mesmo ideal... numa mesma meta espiritual. E que esta meta nos conduza a um destino feliz no Pai. Pois fazer a vontade divina é nossa alegria.
"Meu prazer é te louvar, meu prazer é estar nos átrios do Senhor, meu prazer é viver na casa de Deus, onde flui o Amor".

Sigamos!

Nenhum comentário: