quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Minha Vida, Meu Romance


Os dias se passam. As horas se vão. O tempo voa feito águia de rapina no zênite. E me encontro aqui. Olhando para as nuvens que se formam.
Os pensamentos solapam nas paredes de minha consciência. É como se fosse um jogo de cartas. Cada idéia exposta no palco de minha mente: um personagem atuando seu papel.
Minha vida é um livro de romance bem espesso. A cada página uma emoção diferente. A cada capítulo uma saga condensadamente complexa.
Você pode até tentar ler este livro. Mas não garanto a compreensão final do romance. Pode até buscar entender a trama, ou quem sabe os motivos que levam o personagem principal (eu, claro) a tomar certas decisões. Mas nunca compreenderá os motivos da escrita num todo. Assim como nenhuma obra literária é fácil de entender no todo.
Por isso fico ali, à orla de um penhasco, buscando o passar do tempo. Olhando para o horizonte. Tentando encontrar a ave que está para vir. Apenas esperando-a em seu voo.
Estou aqui, para ajudar e ser ajudado. Para um grande encontro com a Lua, ao cair da noite.
Estarei sempre aqui. Esperando pela chuva. Para molhar a ponta de meus dedos nas goteiras do telhado. E dizer a ela que leve minhas palavras adiante...
Eu amo....

Nenhum comentário: