sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Momentos e Lugares


Há muitos lugares realmente lindos pelo mundo a fora. Mas a verdadeira beleza deve estar no que pode acontecer de belo nesses lugares. E é por isso que marcamos certos recantos de acordo com o que nos acontece nos mesmos.
Pode até ser que uma simples esquina, que não chama a atenção de ninguém, seja linda só por ter sido o local do primeiro beijo de um casal de jovens apaixonados.
Ou quem sabe um jardim municipal, ou praça pública...
Não importa, o que vale é o significado do que ocorre.
Não é diferente nas igrejas. Uma igreja não é santa ou sagrada por si só. É sagrada porque acontecem momentos sagrados lá dentro. Pois é uma casa de oração.
Isto deve ser assunto de fenomenologia. Mas o que quero dizer é que a beleza está nas circunstâncias que criamos também.
Enquanto isso, volto-me para o Recanto do Luar, mais uma vez em minha memória, e contemplo-o com úmidos olhos... relembrando a importância, não do lugar, mas do que acontecera ali.
São assim as coisas da vida.

Nenhum comentário: