domingo, 3 de outubro de 2010

Ruminação pensativa

Nas paredes do meu coração
Uma voz ecoa em sussurros
Há uma canção específica
Que aqui dentro se recompõe
Vivo meus dias esperando
Do horizonte a aurora
Pois no crepúsculo de meus ídolos
Encontrei respostas antes perdidas
Aqui jaz uma cúpula de cristal
Guardando meu coração contrito
Para o presente e para o futuro
São tantas coisas para pensar
Tantas coisas para fazer
Tanto para orar
Tanto para agradecer
Mas a vida é assim...
E enquanto essa canção aqui dentro ecoar
Feliz estarei em silêncio
Contemplando as paredes de meu quarto
Imaginando o azul do céu a tocar o azul do mar
Aqui anseio pela aurora do meu amor
Por um novo dia... diferente de todos os outros!
Por um feriado nos dias de labuta de minh'alma
Um dia de festa.