quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Minha Princesa

Musa dos meus poemas e sonhos artísticos
Teus beijos são doces, e me fazem sobreviver às catástrofes dos dias
Vou te amando assim, como o mar que ama a Lua e o Luar
Sou teu reflexo na água
Sou teu sonho acordado
Ao despir-te a cruel solidão

Por isso venha!
Venha a mim
Ó meu amor!
Princesa da minha vida!!!
Como te amo!
Como te quero!
Como espero por ti!

Queira Deus que seja breve
Queira o Pai que seja simples
Que os anjos tragam teu colo
Como refúgio para o meu pobre coração.

Ah! coração
Este meu peito palpita por descanso
Por um lugar tranquilo e seguro
Por certezas!
Sim... certezas!
Queria tanto ter certeza das coisas...
Mas a fé me pede certeza apenas de si própria!
E é por isso que busco a fé
E peço a Deus que sejas tu, oh linda das lindas!
Casa comigo, e seja mãe dos meus filhos
Casa comigo e cuida do meu coração, que bate por ti
Casa comigo e deixe-se amar gratuitamente
Perdoa minhas faltas
Assim como perdoo as tuas
Vivas comigo
Caminhe comigo
Aprenda sempre mais
Como eu aprendo e vou aprendendo
Eu te amo!♥