segunda-feira, 4 de abril de 2011

Indiferença

Oh! Mundo cruel e desapegado da Verdade...
Verdade?
Oh! não, antes disso a indiferença à Mesma
Não se busca a Verdade por desacreditá-la
Mas por não "querê-la" por perto!
O Homem caminha a largos passos
Buscando apenas encontrar mais Cifras
Nas cédulas de seu "humilde" bolso!
Oh! Mundo cruel e indiferente...
Até quando cobiçarás as coisas alheias?
Até quando jurarás em falso?
Até quando matarás teus próprios filhos?
Já não se busca pela Verdade...
Não por desacreditá-la;
Antes disso: por não "querê-la" por perto!
E a causa disto:
Aceitar a Verdade por perto é aceitar a própria condenação!

Nenhum comentário: