sexta-feira, 3 de junho de 2011

Sei lá..

Nem sempre nossas escolhas se baseiam em certezas. Nem sempre acertamos nas escolhas que fazemos. Nem sempre as coisas que achamos certo fazer são o melhor para nós. E nem sempre o que parece racional é verdadeiro.
Talvez o que dissemos ontem não seja realmente o que gostaríamos de ter dito...
E assim agimos opostamente ao ontem. Mas quanto importa tudo isso? Afinal, vivemos de escolhas ou de certezas? De palavras ou de ações? Talvez uma parceria.
Vou estudar um jeito de viver. Uma maneira correta de seguir viagem. Talvez uma escala definida para (nela) compor minha melodia existencial.

Just Pray

My head says that I need to find someone I love in true. I think that Love is a big value inside us. We need to understand it. I like her as much as she doesn´t understand, but I think it´s so complicated to carry on without it hurt to.
Then I guess we need to walk alone. We need to wait for the Love solve our lives.