sábado, 2 de julho de 2011

Os Sentimentos e a Nudez


Quando começamos a gostar de alguém...
Ou melhor, quando nos apaixonamos
Confessar-se, declarar-se, enfim...
É o mesmo que despir-se ou nudificar-se
Diante do ser a que se direciona a paixão

E assim como é difícil tal situação diante de alguém
Difícil é confessar sentimentos tão particulares!
Pois é no mais íntimo do coração que estes habitam
E não há que negar: sentimentos de Amor são corpos nudíssimos!
Por isso é preciso equidade nesta situação

Só não me sentirei constrangido...
Se tu..
Assim como eu...
Nua também ficares!
Entende?
Nós não nos sentimos tão envergonhados quando todos partilham da mesma situação

Cá não digo de eroticidades
Tampouco de sem-vergonhices
O que quero expressar é o quanto é comparável
Compatível é a situação:
Despir-se na frente de alguém que se ama
É confessar sentimentos antes ocultos!
Mas só se tem uma situação equilibrada
Quando ambos se despem das indumentárias verbais...
Da roupagem que oculta os sentimentos reais do interior!