domingo, 4 de março de 2012

Cuidado com a Nova Era Virtual!

Caros amigos [e virtuais] leitores, quero muito encarecidamente pedir-vos que não vos distraí quanto às influências da Internet. Prestai mais atenção às impressões que esta vos tem causado sobre a alma e buscai analisar, com maior cuidado, sobre o que está acontecendo ultimamente com o Mundo [e todos nós e vós], e como este tem mudado bruscamente - por 'culpa' do Universo criado na/pela Internet -, pois que normal não é tamanha mudança no fluxo evolutivo da civilização global!
Observai assim vossas próprias vidas, e contemplai com aguçada diligência sobre as coisas que aqui menciono.
É como o próprio site Parafernálha.com.br diz

"Quem nasceu na década de 80 com certeza ainda mantem muito vivas as lembranças do início dos anos 2000. De lá pra cá, tanta coisa mudou que se um indivíduo dormisse de 2000 até 2011, provavelmente acordaria se sentindo um homem das cavernas".

Para quem ainda não entendeu, estou a falar dum Mundo Novo, negativamente moderno (Nova Era). Sem Alma, sem Amor, sem Humanidade! E, assim, sinto dizer que, doravante, viveremos o verdadeiro Caos Espiritual. E não adiantará buscarmos um otimismo sem fundamento; seria o mesmo que não buscá-lo. A verdade é que os fatos estão aí para provar o que é dito cá. Pois o Mundo está prestes a, definitivamente, ruir espiritualmente. E a ruína do Espírito, como nós cristãos bem sabemos, seria a ruína do próprio Homem como tal. Por isso, não podemos permitir, como soldados de Cristo, que as pessoas percam a sensibilidade sobre tais coisas!
"Ide e evangelizai a toda criatura!" Eis o nosso mandato! Eis nossa missão! Caso contrário, não seremos verdadeiros servos, mas meros papagaios de doutrina.

Irmãos [e irmãs] leitores, vós que ainda preservais a dignidade cristã, o Amor a Deus e ao próximo, lutai comigo pela Vida! Pelo Amor, pela Justiça e pela Verdade! Não permitamos que a Mentira domine a realidade com o Caos do Espírito que o Mundo Virtual visa implantar por plenitude!

A Internet, como sabemos, é um Universo de pluri-possibilidades virtuais. No entanto, se não há, por parte do(a) Internauta, verdade [e real necessidade] nos intuitos de sua utilização, não se alcança nada além de Vazio! E é por isso que precisamos ter esta consciência urgentemente!

5 comentários:

Anônimo disse...

Olá!

Só gostaria de lembrá-lo que a internet não é "um autômato", há nela pessoas que regem seu conteúdo. Cá comigo que os maiores benefícios da rede - sua velocidade e sua acessibilidade - são também seus maiores defeitos, vez que essas qualidades também refletem em outros âmbitos da vida de seus usuários banalizando as relações interpessoais. Sobre nossa missão aqui na Terra, vale destacar que não basta lutar pela Vida, pelo Amor, pela Justiça e pela Verdade. É necessário encarnar em nossa própria vida a Verdade do Evangelho de Cristo e lutar Com amor, Com justiça através de ações concretas: tendo misericórdia, doando nosso tempo e nossa atenção com o irmão, perdoando-o etc. Sumariamente, precisamos amarmo-nos uns aos outros, pois é ASSIM que seremos reconhecidos como servos e filhos de Cristo. O absurdo da Cruz é para nos purificar da desfiguração que o pecado causa em nós e para aceitarmos que DEUS NOS AMA de uma forma PESSOAL e ÚNICA. Não cabe a nós qualquer julgamento, por mais correta que nossa conduta tenha sido (e a minha não é um exemplo), cabe a nós acolher o irmão independentemente do que ele tenha fito e amá-lo - como Jesus o amaria se estivesse presente fisicamente no meio de nós.

Leandro Vieira disse...

Bom, em primeiro lugar, gostaria de conhecer as razões para o anonimato - suponho que seja por eu conhecer a pessoa/autora de tal postagem/comentário -,e, em segundo lugar, que não ficou claro sobre o que se quis dizer com tal post.
Espero que haja uma segunda explicação mais sucinta e elucidativa.

K. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
K. disse...

Olá novamente!
Minha conta costuma estar logada, mas na ocasião eu estava num PC público e o comentário ficou anônimo.
Eu sendo mais objetiva: a internet não "age sozinha". Um filme pornográfico não vai parar na rede caído de para-quedas, uma pessoa o colocou lá. Blogs como o seu que defendem os valores cristãos e a doutrina Católica tem uma pessoa por trás. Eu bato em uma só tecla e baterei nela SEMPRE. A chave para TUDO é o Amor - aquele de I Co. 1, 1-13. A internet é fruto de uma revolução tecnológica, mas o que se faz nela é fruto de uma sociedade sem amor em 99% de seu conteúdo. Usá-la para fins prolixos, criminosos e tantas outras coisas ruins é um reflexo, não uma causa. É reflexo de gente insipiente, da falta de crítica, da falta de um verdadeiro sentido para a própria vida. Filmes não voam de para-quedas pela rede, mas meus dedos parece que sim, desculpa pela intromissão. Espero ter ajudado a alguma reflexão, em detrimento da inquietação sensível: o objetivo era instigar a mente; parece que infelizmente não alcançado...E se o ofendi ou o confundi, espero ter esclarecido aqui.

Peço que se lembre dessa pobre alma em suas orações, dessa alma que não sabe sequer olhar alguém dignamente, que está virando a vida de pernas para o ar para tentar ouvir a voz de Deus e viver esse tal desse Amor de uma forma convicta. Depois que eu entendi que amar é um ato, uma decisão por Cristo, as escolhas conseguintes passam a partir do mesmo pressuposto e a vida doada pela Igreja para a evangelização, para a conversão da humanidade parece ser a única coisa que faz real sentido.
Meu umbigo já não é tão importante como fora outrora...

Leandro Vieira disse...

Ok. Sendo assim, só esclareço que, em primeiro lugar, meu texto criticou 'a Internet' como uma "causadora" (e não importa quem esteja por detrás de seus malefícios virtuais) da desumanização da humanidade.
Em segundo lugar, sequer me referi ao uso maléfico da Internet (como os filmes pornográficos e afinidades imorais), o que eu mencionei foi a consequente "distanciação" das pessoas entre si, por "culpa SIM" da Internet, e não das próprias pessoas (e esta é uma OUTRA questão para OUTRO debate).
Mas a pequena polêmica (por desentendimento temático) foi até benéfica para que este esclarecimento pudesse vir à tona.

Asseguro a todos em minhas orações!
E peço: corrigi-vos uns aos outros, no amor da Verdade, e não dos sentimentos acolhedores.

In corde Iesu et Mariae semper!