sábado, 10 de março de 2012

Do Último Post - Esclarecimento Crítico

Em vista do último post - bem como do primeiro comentário nele postado - achei interessante fazer aqui um breve comentário a respeito da subjetividade humana, que é, muitas vezes, sobreposta à objetividade inerente aos fatos, quando se faz comentários sobre argumentos a respeito dos mesmos.
O que eu quero dizer com isto? Que muitas vezes, ao ler postagens críticas sobre determinado assunto [como no caso da minha advertência contra a Internet e suas possíveis más-consequências sociais], muitas pessoas vão mais pelo lado subjetivo, ou seja, discutem o assunto a partir da primeira "impressão sentimental" que lhes foi gerada, e não das ideias discutidas na argumentação postada.
Em seguida, caso estas pessoas tenham alguma relação (próxima ou distante) com o autor(a) dos argumentos criticados, bem como das doutrinas ou linhas doutrinárias com as quais foi discutido tal e determinado assunto, passam a comentar de outros assuntos que não os especificamente abordados pela crítica focada! E isto é absurdo!
Não se deve confundir as coisas. É preciso abordar do assunto apenas o essencial, e não inserir críticas pessoais concernentes à conduta, maneira de ser, forma de agir e etc. O que resultaria num OUTRO debate crítico!
Fica, aqui, a observação de minha parte. Vamos por etapas. Primeiro, vamos nos conscientizar a respeito da geração futura. Sobre a "galera" que vem por aí. Do mundo novo, gerado pelos internautas e suas características "desapegadas".

PS: Aliás, este meu Post sobre a Internet e seus perigos me veio quando assisti a um documentário do Canal Futura a respeito do mesmo assunto. E que isto esclareça, em definitivo, donde provém tal crítica. Pois que o próprio Futura fez menção dos artigos críticos cá mencionados.